domingo, 25 de setembro de 2011

Fé e festa no reino sem fim de São João del-Rei


Como pode caber tanta cultura e religiosidade no calendário mensal de São João del-Rei? Este mês, mal acabou ontem a Festa de Nossa Senhora das Mercês, do lado de lá do Córrego do Lenheiro começou hoje a novena barroca de São Francisco de Assis. Será assim, toda noite, até o dia 3 de outubro - véspera da data de morte e procissão do santo que recebeu no corpo as chagas vivas de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Amanhã, do lado de cá do mesmo Lenheiro, começa o Tríduo a São Miguel - arcanjo combativo, arqui-inimigo do Inimigo. Como é ele o Príncipe da Milícia Celeste, dia e noite à porta do Céu com sua balança de prata e espada de fogo - a julgar as almas que partem da Terra e decidir-lhes o Paraíso,  Purgatório ou  Inferno -, não custa nada, mineiramente, lhe fazer uma mesura. Quem sabe ele não alivia a barra de quem o acompanhar na procissão apressada que percorrerá as ruas mais antigas da cidade, no anoitecer da proxima quinta-feira, dia 29 de setembro?

Enquanto isso, é sino dobrando de lá, sino dobrando de cá, orquestra tocando aqui, orquestra tocando acolá, tudo ao mesmo tempo, na mesma hora. Nestes dias, São João del-Rei é uma partitura, viva e sem pausas.

Veja, no vídeo abaixo, a saída da procissão de São Miguel Arcanjo da Matriz do Pilar de São João del-Rei.


Leia também

Nenhum comentário:

Postar um comentário