Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2018

A Paixão segundo São João (del-Rei)

Quem anda com o coração aberto em São João del-Rei colhe e recolhe imagens vivas de puro sentimento. Oportunidades de rever a vida e entender que a existência humana é breve e passa.
Dela, restará viva apenas alguma lembrança, por algum tempo.

Este poema é um retrato, tirado no entardecer de hoje (19/07), na Rua das Flores. Fará parte do livro A Paixão segundo São João (del-Rei), quando ele vier a ser publicado.

XIV Estação - Procissão das LágrimasEstá doendo demais!, gritava a mulher negra aos prantos,
amparada por dois homens negros, silenciosos.
Dos olhos dela desciam rios caudalosos, ladeira abaixo,
pelo beco, até a encruzilhada onde às vezes se encontram
o Espírito Santo, Nossa Senhora do Rosário e Santo Antônio.
A tarde fugia, o sino tocou Ângelus, mas nada adiantou.
Nenhum dos três veio trazer alento, obedientes ao que,
no Velho Testamento, pregou o profeta Jeremias:
"Grande como o mar é tua dor. Quem poderá te consolar?"
A tarde caiu mais um pouco. O cortejo parecia…