quarta-feira, 21 de setembro de 2011

A sagração da Primavera em São João del-Rei

Dentro de algumas horas, a Primavera chega a São João del-Rei, para enfeitar ainda mais a festa de Nossa Senhora das Mercês. Simbolicamente,  espalhará guirlandas pelos jardins, coroará de jasmins, bugarins, manacás a alegria e a esperança. Devolverá perfumes à brisa e ao orvalho, florirá manhãs serenas,  tardes calmas e noites mansas, boas para se abrir janelas, colocar cadeiras na calçada, passear pelos largos saudando  amigos e vagalumes.

São João del-Rei bem podia entusiasmar-se mais com a chegada da Primavera. Celebrá-la com festivais autônomos e independentes que reunissem descompromissadamente em praças públicas todas as artes. A vida ficaria tão melhor assim...
Mais do que nenhuma outra, a Primavera é a mais delicada e são-joanense das estações. Por isso, celebremos sua chegada, ouvindo abaixo dois movimentos de "A Primavera", parte da obra "As Quatro Estações". Quando Vivaldi a compôs vivia-se o século XVIII  e São João del-Rei - ainda arraial ou vila - contemplava a alvorada da própria existência.
Leia também

Nenhum comentário:

Postar um comentário