segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

São João del-Rei, 360 graus. Dia e noite.

Para nativos e forasteiros, São João del-Rei é sempre um destino irrecusável. Ímpar em suas riquezas naturais e culturais, que vão da abissalidade de suas betas de ouro, das profundezas do Olho D'Agua que brota da pedra na Serra do Lenheiro, com o Canal dos Ingleses e as milenares grutas com pinturas rupestres datadas de 9 mil anos, até a eternidade das músicas barrocas compostas por são-joanenses mulatos nos séculos XVIII e XIX.

Da imemorialidade das orquídeas, dos jasmins e dos manacás, debruçados nos muros e nas sacadas até a contemporaneidade dos tapetes processionais feitos de areia, serragem, sementes e pétalas. Da antiguidade material e estética dos templos dourados, das pontes e monumentos feitos de pedra, adobe e  cal até o sabor fugaz de amêndoas, bolinhos de feijão, cachaça com mel, picolé do "Seu" Amado e pastéis de sabor apaixonado Romeu e Julieta.

Da teluridade cheirosa de alecrins, arnicas, manjericões e rosmaninhos até a sonoridade secular e para sempre dos sinos, dos silêncios, dos violinos, das pausas, das matracas, dos foguetes, dos apitos das fábricas de tecido e da Maria Fumaça.

São João del-Rei, 360 graus, dia e noite no site http://www.minastur360.com.br/br/sao_joao_del_rei.html, destino que tem o nome da cidade. A única  do Brasil que apresenta turisticamente, em passeio noturno pelo centro histórico, as lendas que constituem seu patrimônio imaterial, apresentadas no cortejo Lendas Sanjoanenses.

Se você está à sombra da Serra do Lenheiro, viva São João del-Rei, ao vivo. Se não, viaje, mergulhe e navegue pelas ondas da internet. Real ou virtual, sempre São João del-Rei. Não é exatamente a mesma coisa, mas quem não tem cão ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário