sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Carnaval poéticoimaginário de São João del-Rei


Não é de hoje que os personagens anônimos do carnaval de São João del-Rei - reais, fictícios ou imaginários - inspiram poemas, contos, fotografias, ensaios e muitos outros gêneros de produções culturais.

O despretensioso e despontuado poeminha abaixo, por exemplo, foi rabiscado nos idos de 1978, para integrar uma publicação marginal da geração mimeógrafo, chamada Ossuário Geral, depois de 34 anos ainda inédita. Conheça em primeira mão...

                     Carnavanônimo
      
                             Com a barriga vazia
                             e duas doses na cabeça
                             esqueceu-se de tudo
                             cobriu o corpo de sonhos
                             e saiu de odalisca
                             sem véu nem sultão
                             na escola de samba
                             Depois eu Digo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário