terça-feira, 20 de março de 2012

Coisas boas de São João del-Rei: Ponto Literário, vírgula poética, reticências musicais...

Quem,andando descontraído pelo centro histórico de São João del-Rei, a caminho da igreja do Carmo, da Rua da Cachaça e do Largo da Cruz, passar pela Rua Sebastião Sette e entrar em uma das duas portas do número 97, se tiver interesse pelo saber e pelo lazer, certamente vai ter uma agradável surpresa. Um acervo vasto, composto por muitos livros antigos e  por outros já lidos, uma grande variedade de revistas de outras décadas e sequências de exemplares de jornais irreverentes ou revolucionários, como O Pasquim e Movimento.

Além disso, vai dar de cara (e de ouvidos), com ninguém menos que Nana Caymmi, Ben Harper, Janis Joplin, Duke Elington, Cascatinha e Inhana, Mendelson, Gal Costa, LouisArmstrong, Roberto Carlos, Willy Nelson, Pearl Jam, J. S. Bach, Milton Nascimento, Padre José Maria Xavier, Gilberto Gil, Clara Nunes, Villa Lobos, Hermeto Paschoal, Tom Jobim e muitos outros. Todos em uma infinidade de long plays de vinil e numa reduzida e seleta quantidade de CDs. Bem conservados.

Que oásis da cultura, da memória, do saber e do lazer é esse, que bem cabe no sonho e no bolso de todos nós? Ora, é a livraria Ponto Literário. Um sebo simpático que também poderia chamar-se Vírgula Poética. Ou Reticências Musicais. Nas imediações do Largo do Carmo, da Rua da Cachaça e do Largo da Cruz, em São João del-Rei...

Nenhum comentário:

Postar um comentário