terça-feira, 23 de outubro de 2012

Antes que Chacrinha, São João del-Rei já sabia: "Quem não se comunica..."


Por mais que se saiba da importância e se reconheça o pioneirismo de São João del-Rei na história de Minas, a todo instante tem uma coisa nova para se descobrir. Você imaginava que São João del-Rei foi uma das quatro primeiras vilas mineiras a ter uma agência de Correios? Isto mesmo, e desde 20 de janeiro de 1798, conforme alvará editado pelo Conde de Sarzedas, então governador da Capitania.

Entretanto, mesmo existindo este "serviço público", a população continuou contando com os mercadores, mascates e tropeiros para levar recados, dar notícias e transportar correspondências, encomendas e objetos, os mais variados. As viagens dos estafetas, que eram os carteiros da época e faziam o percurso Rio / Minas - Minas / Rio eram muito espaçadas, muitas vezes não atendendo a urgência da necessidade de informação e comunicação.

A chegada dos "carteiros" à Vila de São João era quinzenal. Anunciada por ruidosos foguetes, soltados do alto do Morro da Forca, alvoroçava a população, que logo subia as ladeiras do Bonfim para buscar correspondências ou para, simplesmente, saber em primeira mão as novidades que correriam de boca em boca nas próximas duas semanas.

A atividade postal em São João del-Rei tornou-se tão expressiva que na metade do século XX, mais precisamente em 1952, ou seja, há 60 anos atrás, foram expedidas na cidade quase 760 mil correspondências e recebidas mais de 1 milhão e 300 mil. Estes números se mostram ainda mais significativos levando em conta o tamanho da população local à época e o índice de analfabetismo do país.

Também em 1952 o Correio são-joanense movimentou 329 mil objetos sem valor e 4.900 objetos de valor e emitiu um grande número de vales postais e despachos financeiros. Foi neste ano que se inaugurou a atual sede dos Correios em São João del-Rei, bastante moderna para aquela metade de século.

O século XIX ainda não havia acabado quando os telégrafos chegaram à cidade. Era 1896. Passados pouco mais de cinquenta anos, em 1952, em São João del-Rei foram expedidos mais de 43 mil telegramas e recebidos quase 45 mil, números que novamente devem ser dimensionados segundo a população local e o percentual brasileiro de analfabetos.

Já as primeiras conversas para o telefone chegar a São João del-Rei começaram em 1912, sendo oficializadas no dia 24 de dezembro. Presente de Papai Noel? A rede interurbana da Companhia Telefônica Brasileira começou a funcionar a 11 de março de 1934, mas por muito tempo os são-joanenses reclamaram da precariedade das ligações para as capitais e cidades mais distantes, que dependiam de postos intermediários.

...........................................................................
Fonte: VIEGAS, Augusto. Notícia de São João del-Rei. 2ª edição. Imprensa Oficial de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1953.

Nenhum comentário:

Postar um comentário