quarta-feira, 2 de abril de 2014

Aquarela da Festa de Passos em São João del-Rei

 
Em São João del-Rei, a Festa de Passos é tão sagrada que até a natureza, solidária, se veste de roxo em compaixão ao que sofreu Nosso Senhor Jesus Cristo a caminho do Calvário. Quaresmeiras robustas, e também as delicadas, florescem arroxeadas estrelas de dor no Largo de São Francisco.

Contornando o jardim em forma de lira, que tem palmeiras como cordas, a imagem barroca arrasta sua cruz, sobre montanhas de hortências, nuvens de incenso e aromas de rosmaninha e de manjericão. Em meio à marcha triste que a banda toca e aos suspiros setecentistas de impropérios e misereres, vindos de violas, violinos, violoncelos, de flautas e clarinetas.

Sinos dobram graves e, além de afinados sons, lançam pelos ares estreitas fitas de papel que, do mesmo tom, se juntam às quaresmeiras floridas.

Em São João del-Rei, roxo não é uma cor. É memória, lembrança e sentimento...

Nenhum comentário:

Postar um comentário