sexta-feira, 13 de abril de 2012

Semana Santa de São João del-Rei atualiza e eterniza passado setecentista

Capela oratório de N. S. da Piedade - SJDR (foto do autor)
Não é de agora que a Semana Santa de São João del-Rei, hoje considerada a mais tradicional do Brasil, é imponente e grandiosa. Repetindo ainda hoje, praticamente inalteradas, muitas liturgias e solenidades próprias do século XVIII, surpreende a todos pela vivacidade e autenticidade com que são mantidas. Desta forma, os ofícios e procissões, ao preservarem suas características originais, tornam-se a um só tempo clássicos e contemporâneos, o que os livra de qualquer folclorização, congelamento ou cheiro de naftalina. Assim, apesar de bisseculares, parecem (e são!) sempre atuais.

Para conhecer a dimensão desta "festa" religiosa no século XIX, basta avaliar uma informação divulgada pelo jornal Tribuna do Povo, que circulou na cidade no dia 16 de abril de 1882. Segundo o antigo periódico são-joanense, naquele ano distante, "trinta padres tomaram parte nos festejos da Semana Santa de São João del-Rei".

Crescendo a cada ano tanto em preservação quanto em documentação visual, a Semana Santa são-joanense é foco certo de muitos fotógrafos e cinegrafistas, amadores e profissionais, nativos, de outros estados e até de outros países e continentes. Um bom exemplo desta documentação fotográfica espontânea você pode conhecer no link    http://www.observatoriodacultura.org/2012/04/imagens-da-semana-santa.html  Trata-se de rico e belo trabalho que o fotógrafo André N. P. Azevedo produziu sobre o tema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário