terça-feira, 13 de agosto de 2013

Há cem anos o automóvel chegou a São João del-Rei. Pompa e circunstância, foi uma grande festa!


Mais interesse do que a subida do homem ao espaço e sua descida à lua, causou, há exatos cem anos, em São João del-Rei, a chegada do primeiro automóvel. Era 11 de agosto de 1913.

               - Seu proprietário?
               - José Galdino de Araújo!

Acontecimento tão importante não poderia ser ignorado pela população. Muito menos pelo poder público. E não foi. Prova disto é que a Câmara Municipal de São João del-Rei se fez representar no evento pelo seu presidente, Dr. Augusto Viegas, e pelos vereadores militares major Francisco de Carvalho e tenente Francisco Neves.

Em todo trajeto aplaudido e saudado pelos são-joanenses, vestidos em trajes de festa, o automóvel percorreu muitas ruas da cidade, "sem o menor incidente", conforme noticiou o jornal O Dia.  Aproveitando o fato para anunciar boas novas, denunciar as condições precárias de algumas ruas de São João del-Rei à época e criticar os administradores, o jornal acrescentou:

"Consta-nos que brevemente chegarão outros automóveis à cidade. Era de justiça que a Câmara mandasse consertar certas ruas e estradas, a fim de facilitar este gênero de locomoção, que vem concorrer para nosso progresso e desenvolvimento".

Durante uma década, são-joanenses e automóveis conviveram em harmonia. Somente dez anos depois deste dia memorável aconteceu o primeiro desastre causado por um automóvel na cidade. Era 11 de março de 1923 e a vítima foi o ferroviário Xisto Loureiro.
...........................................................................
Fonte: CINTRA, Sebastião de Oliveira. Efemérides de São João del-Rei, volume II. 2ª edição revista e aumentada. Imprensa Oficial de Minas Gerais. Belo Horizonte, 1982.

Nenhum comentário:

Postar um comentário