terça-feira, 17 de junho de 2014

Maria Stella Neves Valle. Brilhante e sonora estrela no céu de São João del-Rei


Quanto mais um povo reconhece como valores culturais não apenas obras, tradições e monumentos, mas  também as pessoas que construíram e constroem seu patrimônio, mais se apropria de sua própria história, mais revigora sua identidade e mais fortalece sua auto-estima. Isto é o que vemos cada vez mais em São João del-Rei.

Neste 17 de junho, por exemplo, a cidade - por meio do Memorial Dom Lucas Moreira Neves - dá início a uma programação cultural em homenagem à maestrina Maria Stella Neves Valle que, se viva, hoje estaria completando 86 anos. Há um ano Dona Stella nos deixou, mas continua viva em cada nota musical que salta dos instrumentos e das gargantas da barroca Orquestra Ribeiro Bastos, que regeu por quase quarenta anos.

Missas cantadas, palestras, programas educativos, lançamento de vídeos, recitais - tudo acontecerá durante a I Semana Cultural Maestrina Maria Stella Neves Valle, para aumentar ainda mais o acesso, o conhecimento e o gosto dos são-joanenses pela música colonial mineira, da qual São João del-Rei é a maior expoente. Como se vê, mais do que um evento laudatório, esta I Semana Cultural, assim como todos os eventos realizados pelo Memorial Dom Lucas, tem inegável caráter de utilidade pública e promoção cultural.

A Verônica da Procissão do Senhor Morto é um dos mais emblemáticos signos das tricentenárias tradições religiosas de São João del-Rei. Dona Stella desde sempre zelou deste personagem, ensaiando as cantoras que, nas Sextas Feiras da Paixão, vivem esta mulher bíblica. Ela mesma, na distante  Semana Santa de1950, foi Verônica, emprestando sua voz à setecentista composição de Manoel Dias de Oliveira, "O vos omnes / qui transitis per viam / atendite et videte / se est dolor / sicut dolor meum". Por isto, nada melhor para homenageá-la do que o I Encontro de Verônicas que, na programação, reunirá, na noite de 21 de junho, Verônicas de São João del-Rei, Ouro Preto, Serro, São Paulo e de várias outras tradicionais cidades brasileiras. Não se tem notícia de outro encontro semelhante realizado no Brasil ou em outra parte do mundo.

Veja, abaixo, uma foto de Dona Stella como Verônica na Semana Santa de 1950* (Museu da Pessoa) e um vídeo recente de uma Verônica na Semana Santa de São João del-Rei.

* À esquerda seu pai, o maestro Telêmaco Neves.


Nenhum comentário:

Postar um comentário