domingo, 22 de setembro de 2013

24 de setembro. Data importante para São João del-Rei. E para a igreja de Nossa Senhora das Mercês.

Graciosa, leve, alegre, luminosa. Estes adjetivos são perfeitos para a pequenina igreja de Nossa Senhora das Mercês de São João del-Rei.

Sem dúvida, ela é uma das mais antigas igrejas da cidade, pois está mencionada na História do Distrito do Rio das Mortes, escrita pelo sargento-mor José Álvares de Oliveira, em 1751.

No entanto o edifício, na sua face atual, foi inaugurado no dia 24 de setembro de 1877, com bênção e procissão de Nossa Senhora das Mercês. Antes, em 1808, o templo havia passado por outra remodelação.

Com sua alta, vasta e farta escadaria, a igreja de Nossa Senhora das Mercês é singular entre os demais templos são-joanenses. Tem uma única torre, deslocada lateralmente do corpo da igreja, um delicado jardim lateral, encravado na pedra da Serra do Lenheiro, e um alto cruzeiro à sua frente.

Na Sexta-Feira da Paixão, converte-se no principal cenário barroco da Semana Santa de São João del-Rei. É no alto de sua escadaria que acontece o Descendimento da Cruz, que antecede e dá início à Procissão do Enterro, celebrizada mundialmente por sua fidelidade às tradições do século XVIII.


Nenhum comentário:

Postar um comentário