terça-feira, 19 de junho de 2012

São João del-Rei sempre desejou boas noticias


Quarta vila ínstituída em Minas Gerais há quase exatos trezentos anos, já no século XVIII a próspera São João del-Rei desfrutava de tudo o que à época - mesmo improvisado e precário - era conhecido como progresso e modernidade.

No final dos anos setecentos, carteiros já circulavam por Minas Gerais. Armados, para proteger-se dos assaltantes, com os pés descalços e pesadas malas postais, percorriam os mais tortuosos e íngremes caminhos, para levar mensagens, cartas, notícias. Muitos deles levaram alegrias, saudades, sustos, esperanças e tristezas em palavras retorcidas, escritas com longas penas, para o povo de São João del-Rei.

O viajante inglês John Luccock, na sua viagem por Minas Gerais em 1817, registrou na caderneta de anotações o serviço prestado pelos carteiros. A minuciosa descrição inspirou o artista plástico Ivan Wasth Rodrigues a criar a obra acima, que integra a série de cartões postais Evolução dos uniformes de carteiros, lançada pelo Museu Postal e Telegráfico, possivelmente nos anos 80 ou 90 do século passado.

2 comentários:

  1. Muito interessante, Emílio. Este blog é uma preciosa fonte histórica sobre São João e as Minas Gerais. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Leo,
      Também curto muito seu trabalho no blog irmão Daqui de Pitangui.

      Grande abraço!

      Excluir