terça-feira, 22 de julho de 2014

O dia em que os sinos de São João del-Rei chamaram para um programa de televisão




Para quem nasceu, viveu ou vive em São João del-Rei, o toque de um sino é sempre um chamado: para uma missa, para uma novena, para uma procissão, para um enterro, para uma bênção, para uma Via Sacra, para um Te Deum.

Mesmo quando não se está na cidade é assim. Assistindo a qualquer filme ou vídeo lá gravado no centro histórico, é possível saber a que horas ocorreu aquela cena simplesmente ficando atento às pancadas que de vez em quando bate o sino-relógio da Matriz do Pilar.

Na quarta-feira da semana passada, dia 16 - coincidentemente dia festivo na cidade, consagrado a Nossa Senhora do Carmo - os são-joanenses em São João del-Rei e em todas as partes do Brasil, na metade da manhã, surpreenderam-se com o toque dos sinos chamando-os para um lugar inusitado: para a frente da televisão.

Não que o aparelho estivesse no alto de uma torre ou sobre um altar, mas é que em sua tela a apresentadora Ana Maria Braga e seu "escudeiro" Loro José apresentaram uma reportagem de oito minutos sobre os sinos de São João del-Rei. A linguagem, os toques mais conhecidos, seus significados, a história e os sineiros. Os atuais, no vigor dos dobres e dos repiques; os "jubilados", que não sobem mais às torres mas de lágrimas nos olhos octogenários recebem todo o reconhecimento, e os infantes, pedindo que o tempo passe depressa para se apoderarem das chaves das sineiras e, lá do alto, darem sequência à nobre e sonora sina.

Bonita, poética, informativa, lírica, sincera, correta.Vale a pena clicar no link abaixo e ver a reportagem, que foi ao ar no programa Mais Você, da Rede Globo de Televisão.

Um comentário:

  1. Como diz a música de Dudu Nohra" Eu te amo e amarei,sempre. Ó São João de-Rei...
    E tem mais: Lembro os teatros, os festivais e as festinhas" A gente era unido mais do que irmão.Me dá vontade de abraçar essa turminha e de mãos dadas dar um beijo neste chão...."

    ResponderExcluir