terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Nhá Chica do Rio das Mortes. Fé e bondade nascida em São João del-Rei


No dia em que Nossa Senhora da Conceição vier a São João del-Rei, certamente fará questão de visitar o distrito são-joanense de Santo Antônio do Rio das Mortes Pequeno, ou simplesmente Rio das Mortes. Lá, tomará pela mão sua afilhada e com ela caminhará por uma estrada de terra, até chegar à sombra de um bambuzal e à margem de um rio, onde as ruínas de uma igreja emanam perfume de sereno, orvalho e inocência. E então a menina lhe mostrará o local exato onde, no começo dos anos oitocentos, foi batizada Francisca de Paula de Jesus - a hoje Beata Nhá Chica, afilhada de Nossa Senhora.

O Rio das Mortes é um lugar claro e iluminado. Seu povo alegre e gentil sabe a graça divina que é viver no local onde nasceu Nhá Chica. E compartilha isto com todos que visitam o lugar, para agradecer favores ou em busca de intercessões da santa contra dificuldades e aflições. Logo que alguém desconhecido se aproxima do portão e do cruzeiro para olhar a igreja de Santo Antônio, algum morador logo aparece e busca outro, que tem a chave da sacristia, abre a porta e conduz o visitante pelo batistério, pela capela do Santíssimo Sacramento e pela nave da igreja, com suas muitas e grandes imagens barrocas e quatro afrescos contando a vida de Santo Antônio. Seus milagres, dois deles muito interessantes. Em um deles, o santo de Pádua fala com um burro e no outro, advoga contra o demônio em favor de uma alma. Ao que tudo indica, é uma das únicas igrejas do mundo que possui o Espírito Mau em sua decoração, dizem...

Naquele distrito de São João del-Rei - outrora famoso pela produção do sabão de bola, feito com cinza e sebo de boi e embalado em palha de milho, e pela massa de bolinho de feijão, ralado na pedra - o senhor Quico se dispõe a, voluntariamente, levar o visitante, devoto ou turista a dois lugares religiosamente ímpares na história da Beata Nhá Chica: o provável local onde ela nasceu para a vida humana e o local onde, pelo batismo, ela nasceu para a vida celeste.

Todos os dois são ambientes telúricos e humildemente delicados, a singela natureza do campo orvalhada de simplicidade e paz. Especialmente as ruínas da igreja, onde recentemente se descobriu, durante recente escavação, o piso de pedra do batistério, encoberto de terra pelas enchentes do rio e pela ação do tempo, do sol e do vento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário