sábado, 18 de janeiro de 2014

São João del-Rei. Sinfonia do tempo!





Barroquice contemporânea, São João del-Rei é uma sinfonia do tempo. Poética dinâmica, trissecular. A história viva levando à cabeça, numa trouxa azul, o passado a passear, de mãos dadas com o presente.
Entre sinos, smartphones, sonetos, sentimentos, suplementos, sacadas, saraus, sushis, seveiras, seteiras, sex shops, passinhos, pelourinhos, poemas, pontes de pedra, presépios, preces, platibandas, partituras, procissões, paixões, pensamentos, pressentimentos, passamentos, picolé do seu Amado, pastel do Sô Geraldo, pão de queijo do Lelé, terreiros, cruzeiros, canteiros, jardins, alecrins, bugarins, lambrequins, botequins, quinquenas, trezenas, novenas, terentenas - todo o encantamento e o mistério que são a alma deste lugar.

Este vídeo http://vimeo.com/81501937 mostra isto!

3 comentários:

  1. MINHA CIDADE NATAL AMO MUITO !!!!!! CIDADE MARAVILHOSA , PACATA , TERRINHA DO PÃO DE QUEIJO HUMMMMM!

    ResponderExcluir
  2. Barroquices contemporâneas e rimas atemporais! Viva São João, salve o poeta. Bravo!

    ResponderExcluir
  3. Tuca, nossa cidade é uma grande riqueza. Merece mesmo nosso cuidado.

    Leo, em São João del-Rei, em Pitangui, a poesia é a brisa de nossas setecentistas cidades. Vide as fotos de daquidepitangui.blogspot.com.br.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir