sábado, 11 de abril de 2015

São João del-Rei é mais bela e mais misteriosa do que se imagina...


Uma joia preciosa da arte barroca em São João del-Rei está desde sempre - e permanentemente - à vista de todos, mas é conhecida por poucos. Inegavelmente tem muito do mestre Aleijadinho e integra a portada de uma das mais importantes obras que ele projetou: a nossa igreja de São Francisco de Assis. De tão bonito e delicado, o templo parece uma sinfonia celeste, composta em nuvens de pedra.

Muita gente, tanto são-joanenses quanto turistas, já entrou na igreja mas não percebeu tão surpreendente joia, o que é tão fácil. Basta olhar para o alto quando se cruza o portal da igreja franciscana de nossa terra. Do que se trata?

De um sublime medalhão com a face de Cristo brotando entre ramos de cravos. Seus olhos, de imaginárias pupilas, e a expressão hipnótica da boca dão a ela a impressão do Cristo Transfigurado no encontro com os profetas Moisés e Elias, na presença dos apóstolos João, Tiago e Pedro, em dias próximos à sua morte. A iluminação do Messias, realçada neste episódio que ficou conhecido como "milagre da montanha", irradia em doze curtos, retos e absolutos raios resplandecentes.

Em São João del-Rei, da próxima vez que você estiver atravessando a portada da igreja de São Francisco de Assis, olhe para o alto. Você vai ver que ela é ainda mais bela e mais misteriosa do que você imagina...

Um comentário:

  1. Sou Antonio Martins, nasci e resido em Fortaleza-CE. Meu pai, João Gonçalves Martins, morou em São João del Rei na década de 30 do século passado. Ele contava muitas histórias e tirou algumas fotos. Daí a minha vontade de sempre querer conhecer São João.
    Minha filha, Patricia Martins, foi morar em Tiradentes e, em 2012, fui com minha mulher. Fiz um pequeno passeio em São João, é uma bela e agradável cidade.
    Saudações,
    Antonio Martins - agmartins67@gmail.com

    ResponderExcluir